Cópias de segurança (backups) de sites: básica e obrigatória regra de segurança.

Já alguma vez passou pela experiência de navegar até ao seu site ou blog e verificar que foi vítima de um ataque de algum hacker malintencionado  que todo o seu trabalho, pesquisa e posts foram destruídos? Que não lhe restava mais que recomeçar tudo de novo?

Se a resposta é sim, isso significa que não fez backups do site, pois se o tivesse feito, em poucos minutos você poderia colocar o site como ele se encontrava no momento anterior ao backup.

Mas se não fez a cópia, o prejuízo poderá ter sido terrível!

Nunca deixe de fazer backups do seu site. Esse é um princípio básico e fundamental de qualquer proprietário de site ou blogueiro.

Não se fie se a empresa que lhe presta o serviço de hosting lhe garantiu a realização de backups diários ou semanais. Conheço alguns casos em que isso não funcionou.

Contrate os serviços de um profissional , utilize as funcionalidades de backup do cPanel ou do painel de controle de hospedagem de sites que utilize ou instale você mesmo o plugin para WordPress ou a extensão para Joomla! apropriada. O ideal seria não guardar os backups no servidor onde se encontra alojado o site. Receber as cópias de segurança site na sua caixa de correio, todos os dias ou semanas, é uma prática bastante recomendável. Existem diversas ferramentas, algumas até gratuitas, que fazem esse tipo de tarefas no piloto automático.

Noutro post escreveremos sobre uns funcionais plugins para WordPress e extensões para Joomla que realizam esse tipo de tarefas.

Como reza o ditado, “casa roubada, trancas na porta”, porém… “mais vale tarde do que nunca” e os erros são a grande oportunidade para aprender e aperfeiçoar o que fazemos.

Jamais deixe de fazer cópias de segurança (backups) periódicas ao seu site ou blog.

Além disso, se você é proprietário de um blogue WordPress ou de um site em qualquer plataforma de CMS (tipo Joomla! ou Drupal), sempre, mas SEMPRE mesmo, deverá efectuar uma cópia do seu site antes de actualizar qualquer tema, plugin ou extensão. É mais frequente do que você imagina que um site deixe de funcionar ao fazermos a actualização de algum de seus elementos.

,

Trackbacks/Pingbacks

  1. Como fazer a cópia (backup) da base de dados do seu site WordPress (parte 1) | Alvaro de Azevedo Moura - 28/10/2012

    […] completo backup da base de dados de um blog WordPress inclui a cópia de dois […]